Aniela & Rafael
RA-155.jpg

Estreando no II festival da canção brasileira promovido pelo SESI, em 2019, Aniela Rovani e Rafael Cardoso obtiveram primeira colocação como melhor interprete e canção vencedora do festival.

O Duo, sendo ambos cantores e instrumentistas, traz no repertório obras com canto solista ou duetado, acompanhadas de violão, piano e viola caipira, sem distinção entre o chamado repertório popular ou erudito. Adicionam ao repertório do cancioneiro popular brasileiro composições próprias e conduzem suas apresentações de forma dinâmica, com arranjos que tonam a interpretação única e muito profunda, explorando as possibilidades timbrísticas e interpretativas de formações pouco usuais, como piano e viola caipira.

O trabalho todo desperta para a beleza do olhar, olhar para dentro, olhar para o interior de nós mesmos.

Aniela Rovani

Cantora, pianista e regente formada pelo Conservatório de Tatuí, pós-graduada em Canção Popular e Produção Musical pela Faculdade Santa Marcelina, com aperfeiçoamento vocal em diversos estilos musicais no Studio Marconi Araújo​. Diretora musical de diversas montagens de teatro musical, atuando também como bailarina e atriz, experiência que rendeu o prêmio de Melhor Intérprete no II Festival da Canção Brasileira do Sesi, 2019. Com o canto lírico, participou de duas montagens de ópera na Itália, "La Cenerentola" de Rossini e "L'Elisir d'Amore" de Donizetti. Aniela tem vasta experiência na área educacional, atuando em diversos projetos, cursos e oficinas dentro da área musical, com destaque para as práticas de performance corporal para cantores. No Projeto Guri atuou como supervisora educacional, orientando educadores e alunos na prática do canto coral em cerca de vinte e cinco municípios.

Rafael Cardoso

Concertista, compositor, arranjador e regente , discípulo de nomes de peso do violão como Juan Falú e Henrique Pinto. Formado pela EMESP Tom Jobim,  pela Faculdade de Artes Alcântara Machado. Mestre em performance musical pela UNICAMP, com pesquisa sobre reelaboração musical e preparação para performance para violão e contrabaixo da obra “Série brasileira” de Edmundo Vilani Côrtes. Vencedor do II Festival da Canção Brasileira do Sesi, 2019, com o prêmio de melhor música, vencedor por quatro anos consecutivos levando prêmio máximo no Mapa Cultural Paulista com seu duo de violão e contrabaixo Rafael Cardoso e Pedro Macedo.  Atua na área da educação musical, pelo projeto Guri, onde é supervisor educacional. Realiza também um trabalho como educador e regente do grupo Raízes de Atibaia, na pesquisa e performance do repertório caipira. Nas diversas áreas em que atua, possui importantes premiações e reconhecimento nacional e internacional.